Eu quero ser feliz, quero muito. Mas eu sou terrivelmente sensível. Não entendo como um gesto ou apenas uma palavra podem me deixar tão abalada. Qualquer coisa pra mim é pouco ou muito, tudo é o fim do mundo e toda palavra mal dita é sinal de desprezo. Eu sei que nem sempre as pessoas agem com má intenção de propósito. Às vezes elas só não estão afim de serem legais. É justamente por isso que eu não entendo, eu sempre estou disposta à tratar todo mundo bem e fazer todos sorrirem. Se eu não estou em um dia bom, não converso com ninguém e nem me permito deixar que alguém perceba. Mas as outras pessoas são diferentes, elas descontam tudo de ruim nos outros e os fazem se sentir tristes também. E eu nunca vou entender isso, não quero correr o risco de me tornar uma pessoa assim. - Eternue.  (via cortejos)

(Source: eternue)

elizabethgadd:

Self-portrait during sunset on the night I spent on top of the Golden Ears mountains in BC, Canada.